Trabalhando metodologias com o uso da TIC

Novos tempos, novos alunos, novos saberes e novos desafios. Não são poucas as mudanças com as quais os profissionais da área educacional devem estar preparados para enfrentar.

Todas essas mudanças e novidades, naturalmente, também vão impactar na forma como o professor ministra suas aulas e as metodologias tradicionais, por sua vez, atendem cada vez menos aos anseios dessa geração hiperconectada.

Já chegamos ao ponto que somente utilizar a tecnologia em sala de aula, pelo simples fato de utilizar, não desperta mais qualquer interesse, pois a geração que hoje frequenta as salas de aula, já nasceu num ambiente tecnológico, os inúmeros gadgets disponíveis são parte integrante do seu dia-a-dia, ao menos, de um grande número deles, portanto, a curiosidade pela tecnologia em si, já não existe mais e se faz necessário aliar essa tecnologia a um sentido mais amplo e uma nova forma de produzir conhecimentos e resolver problemas.

AMARAL (2006), afirma que:

“para além da infraestrutura tecnológica disponível, podemos interrogar: qual é o significado pedagógico do ambiente de aprendizagem amigável? Inovações tecnológicas não determinam inovações pedagógicas”.

Esse é o desafio que se apresenta aos atuais professores, ou seja, o desafio de criar métodos e conteúdos capazes de integrar essa realidade tecnológica, despertando o interesse do aluno, com temas provocativos, que não somente estimulem a busca por soluções criativas e inovadoras, possibilitando a assimilação dos conteúdos programáticos necessários, mas que também façam sentido para as suas vidas, que sejam úteis e não somente um amontoado de teorias e conceitos desconexos da realidade.

Nesse capítulo, serão dadas algumas dicas e sugestões em linhas gerais, que podem ser aplicadas nas construções de materiais e métodos interativos, mas reforçando, cada realidade exige uma solução única, portanto, não há garantias de que, nem mesmo dentro da mesma escola, um só material sirva para todas as turmas, afinal, cada classe é composta por um conjunto único de pessoas, com experiências e saberes diferentes, sendo necessário que para cada uma, alguns ajustes e adaptações sejam feitos.

Isso não chega a ser um problema, pelo contrário, faz parte dos desafios e da beleza da área da Educação, que deve ter como objetivo maior, sempre o ser humano e suas necessidades.

Essas necessidades e particularidades é que devem ser contempladas nos métodos de ensino, pois é isso que vai despertar no aluno o interesse pelo processo como um todo, fazendo com que ele perceba que existe ali algo além do conteúdo didático, mas que um pouco da sua própria vida está contido naquilo que ele está aprendendo.

Esse modelo de aprendizagem é a base da teoria da aprendizagem significativa, proposta por Ausubel, que preconiza que uma aprendizagem significativa deve considerar fatores como: conhecimentos prévios; atividades que consigam despertar o interesse dos alunos; relação de confiança entre aluno e professor; atividades que estimulem o debate e a troca de ideias; explicações através de exemplos e aprendizagem baseada no ambiente sociocultural.

 

Fim do conteúdo degustação desse capítulo. Se você está gostando e quer ter acesso ao conteúdo completo, acesse plataforma Hotmart e adquira o curso agora mesmo.

Assista a um trecho da videoaula desse capítulo

 

Exemplo prático

 

Curso na Plataforma Hotmart

 

Para ter acesso ao material completo, adquira nosso curso na Plataforma Hotmart. Clique para acessar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *